quarta-feira, 10 de março de 2010

Avalanche de mudanças

Eu acredito na força de acreditar.

A força de um sonho só fica completa se nós próprios acreditarmos na sua realização.
Mas das coisas que mais "gozo" me pode dar, durante o processo de ver ou viver um sonho, é a mudança. É ver o rapaz que anseia por uma namorada que o ama a chegar, é ver a rapariga que secretamente que ser mecânica a tirar o curso. No fundo, é a altura onde as coisas más desaparecem (ou ficam retidas) e o sonho se realiza. Há sempre uma mudança. E é disso que eu gosto. Até porque antes do baile, existe sempre a criação do vestido.

Mas para chegar a essa "mudança", podemos encontrar vários caminhos. Um que gosto particularmente é os "buracos". Vocês sabem... aquela sensação que caímos num buraco quando nos apercebemos de algo e ficamos arrasados no bom ou mau sentido. E esses "buracos" podem surgir de onde menos esperamos. De uma amiga que nós conta o que se passa na vida dela e acabamos por perceber que julgamos mal alguém sem saber o que realmente se passa, de um filme que nós leva para outra dimensão ou até mesmo uma noite deitados na cama a olhar para o tecto onde chegamos a uma conclusão inesperada.


1 comentário:

Emanuel disse...

dos dois últimos posts...és um rapaz inteligente...